SL Benfica-BoaViagem - 22/10/2017 15:00 - Pav. Fidelidade
Clique para voltar pagina inicial

Entrevistas

Taça da Liga premeia trabalho e dedicação

Segunda-Feira, dia 06 de Fevereiro de 2012

Taça da Liga premeia trabalho e dedicação

- PAULO JORGE SILVA, PRESIDENTE DO BOA VIAGEM.

O Boa Viagem acaba de conquistar a III Taça da Federação da Liga Feminina de Basquetebol. É, digamos, o concretizar de uma velha aspiração, depois de várias presenças em finais sem o devido sucesso?
Podemos dizer que sim. Desde 2005 que o Boa Viagem tem marcado presença regular nas grandes finais nacionais, embora sem a almejada conquista de troféus. Foi finalista em três ocasiões da Taça de Portugal (2005/06, 2006/07 e 2009/10); em 2006/07 esteve na Supertaça Nacional; em 2008/09 marcou presença na decisão da Taça Vítor Hugo; em 2009/10 disputou a final da Taça Federação da Liga Feminina, o mesmo acontecendo na época em curso, só que, desta feita, conseguiu arrecadar o tão desejado caneco nacional ao mais alto nível. Lembro, a propósito, que o Boa Viagem já havia alcançado, em 2004/05, o título de campeão nacional da Primeira Divisão - o segundo escalão da modalidade.

Curiosamente, a Taça da Liga surge numa época em que o clube não fez um investimento direcionado para a conquista de troféus...
Não podendo passar ao lado da crise que afeta o país, o Boa Viagem procurou constituir um plantel dentro das suas possibilidades, recorrendo a atletas humildes e trabalhadoras, conquanto nunca descurando a ambição de chegar o mais longe possível, até porque estamos perante um grupo de qualidade. Aqui, como é evidente, não podemos esquecer as jogadoras formadas no clube em particular e na região em geral, pois é política do Boa Viagem possuir no seu plantel um número significativo de atletas formadas nos Açores. Foi com este espírito de abnegação que o Boa Viagem ganhou a Taça da Liga, atitude que é para manter nas restantes provas em curso.

Este título premeia o esforço de todos aqueles que, ao longo dos anos, têm contribuído para tornar o Boa Viagem um verdadeiro baluarte do desporto feminino em Portugal?
Parece-me que é uma leitura correta, uma vez que todos aqueles que têm passado por esta casa - desde dirigentes, treinadores, atletas e corpo clínico - sempre denotaram uma enorme vontade em elevar o nome da instituição, tendo como pano de fundo o desejo assumido de arrecadar um título nacional. Este título também é daqueles que, mesmo não exercendo funções nos órgãos sociais do clube, estão sempre presentes, direta ou indiretamente, nos bons e maus momentos, dando o seu apoio incondicional, mais que não seja através de uma palavra amiga ou de um incentivo.  

Ultrapassada esta espécie de "bloqueio mental" sempre que a equipa atingia uma final, estão reunidas as condições para o Boa Viagem festejar mais títulos no futuro?
É com este objetivo que trabalhamos todos os dias. Estou há 35 anos no Boa Viagem e a vontade de fazer mais e melhor mantém-se inalterável. Admito, contudo, que, há duas décadas, jamais me passou pela cabeça que o Boa Viagem chegaria a patamares tão nobres, como participar no Campeonato da Europa (Eurocup Women). Levar o clube ao País de Gales é algo que parecia inimaginável, mas que reflete o crescimento sustentado da coletividade e o esforço de todos os intervenientes no processo. Como diz o nosso povo na sua imensa sabedoria, "à terceira é de vez". O Boa Viagem conquistou a III Taça da Liga e trouxe o troféu para a Terceira. Agora, que venha a quarta, a quinta e por aí fora. Ambição não nos falta, embora com os pés bem assentes no chão.

Reportagem (DI)

« retroceder

Classificação
Equipa J V D
1 U.Sportiva 3 3 0
2 GDESSA Barreiro 3 3 0
3 AD VAGOS 3 3 0
4 Quinta dos Lombos 3 2 1
5 CAB Madeira 3 2 1
6 BoaViagem 3 2 1
7 SL Benfica 3 1 2
8 Vitoria SC Guimarães 3 1 2
9 Algés 3 1 2
10 Ovarense 3 0 3
11 AFC 3 0 3
12 Olivais Coimbra 3 0 3
VISITANTES:
Free Hit Counter
Free Hit Counter
® Via Oceânica 2007 - Todos os direitos reservados