SL Benfica-BoaViagem - 22/10/2017 15:00 - Pav. Fidelidade
Clique para voltar pagina inicial

Entrevistas

Este ano estamos mais fortes

Sexta-Feira, dia 11 de Outubro de 2013

Este ano estamos mais fortes

Célia espera que Boa Viagem faça boa época.

Os resultados na Taça Vítor Hugo não foram os desejados, mas a equipa encontrava-se numa fase inicial da temporada e aqueles foram os primeiros encontros que disputou. Na primeira jornada da Liga as açorianas vão a Carcavelos visitar a Quinta dos Lombos e Célia diz que “vai ser uma honra partilhar as quatro linhas com Mery Andrade”, jogadora que admira desde muito jovem.

Embora a classificação obtida pelo Boa Viagem na primeira competição oficial não tenha sido a ambicionada, as prestações coletivas não causam apreensão à atleta insular. “A Taça Vítor Hugo foram os primeiros jogos que disputámos e ainda nos encontrávamos numa fase de adaptação. Além de que, no cômputo geral, as coisas não correram como a equipa desejava.”

Tendo em conta que a equipa recebeu muitas jogadoras novas, as açorianas já revelaram capacidade para competir com algumas das melhores equipas da Liga. Os resultados foram todos muito equilibrados, um bom indicador para época que agora começa. “Na minha opinião, este ano a equipa encontra-se mais forte, já que o treinador tem mais opções. Algo que permite conseguirmos um melhor equilíbrio e rotação, para obter mais sucesso esta temporada.”

O jogo interior da equipa formação insular tem-se revelado o seu ponto mais forte. No entanto, Célia acredita que se podem potenciar qualidades das jogadoras, de forma a que a equipa tenha mais soluções ofensivas. “Sem dúvida que o nosso jogo interior é forte, mas o objetivo é conseguir utilizar as qualidades de cada jogadora e dessa forma tornarmo-nos mais fortes.”

O Boa Viagem desloca-se este domingo a Carcavelos, para defrontar na 1ª jornada do campeonato a Quinta dos Lombos, recente vencedora da Taça Vítor Hugo. Mais um enorme desafio à consistência da equipa neste arranque de temporada. “Todos nós conhecemos o potencial da equipa da Quinta dos Lombos, bem como sabemos que conquistou a Taça Vítor Hugo. Julgo que a consistência ganha-se ao longo dos jogos, independentemente da equipa que temos que defrontar.”

Célia encontra muitas semelhanças na forma de jogar da Quinta dos Lombos, se bem que as opções aumentaram, e as vantagens que daí advêm. “A equipa não se encontra muito diferente do ano passado, até mesmo a nível de jogo. Um dos pontos-chave, na minha opinião, é o vasto número de jogadoras de qualidade, que permite manter um nível elevado de jogo. E como é óbvio, não posso deixar de frisar o facto de que vou poder partilhar as quatro linhas com a Mery Andrade. Vai ser uma honra, pois desde muito jovem admiro o seu trabalho.”

Reportagem e foto (FPB)

« retroceder

Classificação
Equipa J V D
1 U.Sportiva 3 3 0
2 GDESSA Barreiro 3 3 0
3 AD VAGOS 3 3 0
4 Quinta dos Lombos 3 2 1
5 CAB Madeira 3 2 1
6 BoaViagem 3 2 1
7 SL Benfica 3 1 2
8 Vitoria SC Guimarães 3 1 2
9 Algés 3 1 2
10 Ovarense 3 0 3
11 AFC 3 0 3
12 Olivais Coimbra 3 0 3
VISITANTES:
Free Hit Counter
Free Hit Counter
® Via Oceânica 2007 - Todos os direitos reservados